Sorri e o Mundo Sorri Contigo por Luísa Sargento

28 dezembro 2011

Axioma de final de ano...

Foto António Monge


Tu não existes para me agradar;
Eu não existo para te agradar.
Se apesar disso, nos agradarmos mutuamente,
poderemos conviver.
Se não, seguiremos separados.
Gestalt

17 dezembro 2011

Confesso

Estou um bocadinho saturada destas campanhas exaustivas pelos direitos dos animais sendo que muitas delas são defendidas por pessoas que perpectuam a violência contra os seus pares...

Adoro animais mas enquanto não vir uma mudança de atitude entre os seres humanos prefiro ocupar-me em tratá-los bem e apoiar causas como:


 

16 dezembro 2011

Outono



E um bom livro...
De preferência na Arrifana em frente ao mar com a chuva a bater suavemente no vidro quase fosco das janelas que me protegem...

...

Enquanto não tivermos consciência
da influência que exercemos na vida dos outros, 
deveríamos permanecer em silêncio...

De Fernando Savater

(...) o Homem é Homem para o Homem, é o Homem que faz o Homem, aquilo em que o Homem se confirma como tal, e graças ao Homem abre-se ao Homem a infinitude criadora e livre, e ele alcança deste modo ir mais longe que o Homem.
in Convite à Ética

02 dezembro 2011

26 novembro 2011

Agradecimentos aos Vegetarianos

De Amma

Apercebe-te de que o verdadeiro problema
não é o que está a acontecer,
mas a maneira como estás a reagir.
Foto: Cândido Sargento



15 novembro 2011

Mais Nacional e não é massa é Algodão ;)

E porque não se ama sempre da mesma maneira mesmo que seja a mesma pessoa... Vai e vem...

Continuando no que é Nacional é bom ;) José Cid

Eu só queria mais um dia...

26 outubro 2011

De Goethe (mais uma...)

"No momento em que nos comprometemos, a providência divina também se põe em movimento.
 Todo um fluir de acontecimentos surge a nosso favor.
Como resultado da atitude, seguem todas as formas imprevistas de coincidências, encontros e ajuda, que nenhum ser humano jamais poderia ter sonhado encontrar.
Qualquer coisa que possa fazer ou sonhar, pode começar.
A coragem contém em si mesma, o poder, o génio e a magia."

De Platão

"A virtude não tem dono, tê-la-á mais ou menos cada um segundo a honre ou a despreze.
A responsabilidade é de quem escolhe.
O Deus é inocente."

De Goethe

"Pensar é fácil.
Agir é difícil.
Agir segundo o seu próprio pensamento é a coisa   mais difícil do mundo"

19 outubro 2011

E alguém me disse...

- o que parece felicidade, pode ser ilusão

E eu respondi: 
- a felicidade vem de dentro, não é em função do que está fora, não é algo q vem do exterior das coisas materiais. Podes ser feliz e estares descontente com a vida q levas. Podes estar contente com o q tens a nível material e ser infeliz.


Felicidade é estares em sintonia com a chispa de vida ou divina q habita em ti!

É estares em sintonia com Brahman.

É estares em sintonia com o Bhagavan q escolheste para adoração
mas claro é a minha opinião...

Já o tenho dito muitas vezes...

"(...)Aceitar a existência da alma é, entretanto, não apenas uma questão de fé. O Bhágavad-Gítá apela para a evidência de nossos sentidos e à lógica, de modo que possamos aceitar os seus ensinamentos com algum grau de convicção racional e não cegamente, como um dogma. (...)"

"(...) Platão acreditava (...) que os seguidores de cegos das convenções sociais podiam tornar-se abelhas ou formigas. (...)"
Voltando a Nascer, Swami Prabhupáda, The Bhaktivedanta Book Trust



E não vale a pena acrescentar mais, já o tenho dito muitas vezes... Por alguma razão nos foi dada a cabeça (mente): para pensarmos...



E quando a cabeça e o coração estão em consonância tudo fica mais claro!

16 outubro 2011

07 outubro 2011

Novo projecto do Pedro Puppe dos OIOAI



E claro AMEI!!!

O que é Nacional é bom!!!....

14 setembro 2011

Mudrás



E lembrei-me de uma pessoa - Renata Sena, e do seu livro que nunca mais é publicado...

12 setembro 2011

Fanatismo

"Fanatismo (do francês "fanatisme") é o estado psicológico de fervor excessivo, irracional e persistente por qualquer coisa ou tema, historicamente associado a motivações de natureza religiosa ou política. É extremamente frequente em paranóides, cuja apaixonada adesão a uma causa pode avizinhar-se do delírio.

Em Psicologia, os fanáticos são descritos como indivíduos dotados das seguintes características:

1. Agressividade;

2. Preconceitos vários;

3. Estreiteza mental;

4. Extrema credulidade quanto ao próprio sistema, com incredulidade total quanto a sistemas contrários;

5. Ódio;

6. Sistema subjetivo de valores;

7. Intenso individualismo;

8. Demóra excessivamente prolongada em determinada situação/circunstância.

O apego e cultivo, mesmo quando desmesurado, por determinados gostos e práticas (como costuma ocorrer com colecionadores de selos, revistas, etc) não configura, necessariamente, fanatismo. Para tanto, faz-se preciso que a conduta da pessoa seja marcada pelo radicalismo e por absoluta intolerância para com todos os que não compartilhem suas predileções.

De um modo geral, o fanático tem uma visão-de-mundo maniqueísta, cultivando a dicotomia bem/mal, onde o mal reside naquilo e naqueles que contrariam seu modo de pensar, levando-o a adotar condutas irracionais e agressivas que podem, inclusive, chegar a extremos perigosos, como o recurso à violência para impor seu ponto de vista.

Tradicionalmente, o fanatismo aparece associado a temas de natureza religiosa ou política, porém, mais recentemente, ele se tem mostrado também em outros cenários, como os das torcidas de futebol." http://pt.wikipedia.org/wiki/Fanatismo

Poderia falar muito mais sobre o tema, mas hoje não me apetece lol apenas comento que, por vezes, o fanático ou fundamentalista não é aquele que tem práticas diferentes da maioria mas essa mesma maioria que não aceita a diferença e aquele que, apesar de conviver com essa maioria mesmo sendo diferente dela e aceitando-a, continua a seguir as suas convicções... No entanto, há por aí muita gente que se acha diferente, não convive com os outros, não se presta se quer a dar o exemplo daquilo que acha o mais correcto, torna-se arrogante, crítica a maioria e mesmo assim fica ofendido com o fanatismo dos outros... daqueles que são iguais à maioria... Falta o Amor...

03 setembro 2011

Monges...




"Que será de ti, Homem,
se um inseto é bastante para estraçalhar-te a paz?"
DeRose

02 setembro 2011

A nova palavra/doença da moda

Constatei que, depois do relevo dado ao stress, ansiedade é a palavra de ordem nos últimos tempos.

  • Ai estou ansiosa!
  • Puxa, deixa de ser ansioso!
  • Que ansiedade a tua!
  • Ele está mesmo ansioso, não achas?
Pois bem aqui vai a definição de ansiedade, encontrada na Wikipedia.

"Ansiedade, ânsia ou nervosismo é uma característica biológica do ser humano, que antecede momentos de perigo real ou imaginário, marcada por sensações corporais desagradáveis, tais como uma sensação de vazio no estômago, coração batendo rápido, medo intenso, aperto no tórax, transpiração etc.
Esses dois aspectos, tanto a ansiedade quanto o medo, não surgem na vida da pessoa por uma escolha. Acredita-se que vivências interpessoais e problemas na primeira infância possam ser importantes causas desses sintomas. Além disso, existem causas biológicas como anormalidades químicas no cérebro ou distúrbios hormonais. Ansiedade é um estado emocional que se adquire como consequência de algum ato."

Outra definição:

Ansiedade definicao"A ansiedade é um distúrbio emocional, um sentimento de insegurança intensa, de perigo iminente.
Apesar de estar presente em todos os seres humanos, a sua intensidade varia de uma pessoa à outra.  O medo é antes de tudo, um utensílio de urgência, de alerta, e permite ao homem fugir das situações perigosas. A ansiedade se torna patológica assim que o seu grau estiver desmedido em relação a uma situação, às circunstâncias externas e se a pessoa ansiosa não controlar mais a sua angústia.
A ansiedade pode ser o sinal de uma patologia de origem nervosa (depressão). Ela também pode ser o sintoma de doenças orgânicas (cardiovasculares ou respiratórias)." http://www.criasaude.com.br/N2236/doencas/ansiedade/definicao-de-ansiedade.html
O que quero alertar é para o uso inapropriadode algumas palavras e no caso doenças para justificar algumas questões que não se querem resolver ou para criar no outro um desvio da realidade.

29 agosto 2011

"É preciso saborear a vida, agora.
Nem ontem, nem amanhã: agora!"

Marcelo Von Ancken

Ou seja, não pensar no que já foi e podia ter sido de outra maneira; nem no que poderá ser e ainda nem se quer foi! Com muita cabeça, vivendo hoje, projectando o amanhã mas sem se quer pensar nele e muito menos pensando no que já não será...

SEJAM FELIZES!!! e claro SORRIAM!!! E muito! A vida é maravilhosa!!!

Fadas


"Une fée dit à un couple : je vous accorde à chacun un voeu.
La femme dit: Je voudrais faire le tour du monde avec mon mari adoré.
La fée agite sa baguette magique, et des billets d’avion apparaissent dans la main de la femme.
le mari dit : j’aimerais avoir une femme 30 ans plus jeune que moi.
La femme est terriblement déçue, La fée agite sa baguette magique…
…et soudain le mari a 90 ans . Les hommes sont parfois des salauds, mais les fées sont toujours des femmes !"

Ou como diria DeRose: Ou les femmes sont toujours des fées? http://www.metododerose.org/blogdoderose

:)

Gratidão

Partilho as palavras de um grande amigo: Jonathan Sardas.

DeRose foi o que nos uniu e merecerá toda e qualquer homenagem.


"Aujourd’hui, lors de ma pratique quotidienne, en sentant ma gratitude envers le Professeur De Rose, l’idée suivante m’est venue : « Será que ele realmente sabe o quanto eu sou grato ? » (Est-ce qu’il sait vraiment à quel point je lui suis reconnaissant ?)

Pourquoi ne pas lui écrire directement pour exprimer ce que je ressens ?

J’avais sans doute peur de m’exposer, peur d’être juger.

Je peux continuer à mentaliser tous les jours que ma reconnaissance est toujours plus grande, toujours plus profonde. Sentir c’est une chose, exprimer en est une autre. C’est en exprimant que l’on peut partager et ressentir avec les autres. La reconnaissance est belle quand elle se dit, quand elle est partagée.

Les mots me paraissent futiles pour exprimer tout ce que tu m’as apporté. Et pourtant je prends conscience que ces mots ne sont pas si futiles, ils doivent être dits, sentis, partagés.

Merci. Merci du fond du cœur.

J’aimerais que tu sentes la tendresse de mon regard lorsque je te regarde, j’aimerais que tu sentes ce que mon cœur veut te dire et que je ne laisse pas encore sortir.

Le plus grand cadeau que tu nous offres c’est le groupe qui nous entoure. Ce que tu aimes à appeler d’égrégore. Si chacun pouvait ressentir la force de ce groupe, il ne voudrait plus jamais s’en séparer.

Souvent je ferme les yeux et j’imagine mes amis de Paris, de Londres, d’Edinburgh, de Rome, du Portugal, de Suisse, du Brésil, de l’Argentine, des Etat-Unis, tous ceux que j’aime et ceux que je ne connais pas encore. Je sais alors que je ne suis pas seul. Et ça, je te le dois.

Merci d’être l’élément qui réunit et unit ces femmes et ces hommes au delà des océans, au delà des cultures. Merci, merci du fond du cœur."

Jonathan
Instructeur Méthode DeRose
Rive Gauche – Paris

Ser Mãe/Pai

"Filho é um ser que nos emprestaram para um curso intensivo de como amar alguém além de nós mesmos, de como mudar nossos piores defeitos para darmos os melhores exemplos e de aprendermos a ter coragem.


Isso mesmo!


Ser pai ou mãe é o maior acto de coragem que alguém pode ter, porque é se expor a todo tipo de dor, principalmente da incerteza de estar agindo corretamente e do medo de perder algo tão amado.


Perder? Como?


Não é nosso, recordam-se? Foi apenas um empréstimo!"

José Saramago
 
Como costumo dizer: não é um braço, nem uma das nossas pernas...
 
 
E já vou para o quarto livro de Saramago :) e pensar que não "gostava" dele. Obrigada, Liliana Oliveira! E obrigada Cirila Cardoso pela citação.

25 agosto 2011

O Agosto continua querido ;)

Depois de mais uma leituras: Sabedoria da Índia; dois livros sobre Mitos e histórias de Ganêsha e Krsna e os seus amigos; e um com excertos de Upanishads. Tudo envolto pela paisagem da minha praia (é minha mas eu partilho com todos aqueles que a saibam tratar bem como merece... lá andei a apanhar lixo, o costume! Um sorriso e toca a dar o exemplo em vez de reclamar :) )

Uma visita de um casal amigo:
Zélia e o seu inseparável Zé Paulo (a quem devemos esta foto)


E muita vontade de ficar por aquelas terras, quase que diria para sempre... Em comunhão com o Todo!

E se percebesse alguma coisa de Bluetooth até que adicionava uma foto num dia maravilhoso em que o amor, o céu e o sol estavam divinais...

Até breve!

09 agosto 2011

Meu querido Agosto...

Leitura dos primeiros dias: O que é a Religião? de Vivêkánanda.

Aconselho vivamente a todos aqueles que buscam Deus...

:)

Deixo mais uma frase de outro ser que também me parece excepcional:

Ser compassivo e humilde, 
sorrir a alguém ou dizer uma palavra gentil 
têm o mesmo valor que orar a Deus.  Amma


22 julho 2011

Srimad-Bhágavatam

Canto I, cap.2, verso 11

" Transcendentalistas eruditos que conhecem a Verdade Absoluta chamam esta substância não-dual de Brahman, Paramátman ou Bhagavan. "

A Verdade Absoluta é tanto sujeito quanto objecto e não há diferença qualitativa nisso. Portanto, Brahman, Paramatman e Bhagavan são qualitativamente a mesma coisa. A mesma substância é realizada como Brahman impessoal para os estudantes das Upanishads, como Paramatman pelos Hiranyagarbhas ou yôgis e como Bhagavan pelos devotos. Em outras palavras, Bhagavan oua Personalidade de Deus é a última palavra da Verdade Absoluta. Paramatman é a representação parcial da Personalidade de Deus e o Brahman impessoal é a resplandecente refulgência da Personalidade de Deus, assim como os raios do sol o são para o deus Sol. Os estudantes pouco inteligentes de qualquer uma das escolas acima Às vezes argumentam em favor de sua respectiva realização, mas aqueles que são perfeitos videntes da Verdade Absoluta sabem bem que os três aspectos mencionados da Verdade Absoluta única não são mais do que diferentes perspectivas vistas de diferentes angulos.

Como se explica no primeiro sloka do primeiro capítulo do Bhágavatam, a Verdade Suprema é auto-suficiente, plena de conhecimento e livre de ilusão da relatividade. No mundo relativo, o conhecedor é espírito vivo ou energia superior, ao passo que o conhecido é a matéria inerte ou energia inferior. Portanto, há uma dualidade de energia inferior e energia superior ao passo que no reino absoluto tanto o conhecedor quanto o conhecido pertencem à mesma energia superior. Há três tipos de energia do energético supremo. Não há diferença entre a energia e o energético, mas há diferença na qualidade das energias. O reino absoluto e as entidades vivas são da mesma energia superior. O mundo material, porém, é a energia inferior. O ser vivo, em contacto com a energia inferior, fica iludido, pensando pertancer à energia inferior. Portanto, há o sentido de relatividade no mundo material. No absoluto não há tal sentido de diferença entre o conhecedor e o conhecido e por isso tudo ali é absoluto.


Edição ISKCON

18 julho 2011

Deus, God

"God is the breath in your nose. Light in your eyes. God is the root of all joy, strength, peace and bliss.

 
Brahman is no metaphysical abstraction. It is the fullest and the most real Being.


Brahman is not only the efficient or operative cause of the world, but its material cause as well.


God is not a dictator. He is not an autocratic ruler of this world. He is your loving father, kind mother and Immortal friend."

Shivánanda

14 julho 2011

Gayatri Mantra

ÔM bhur bhuva svah
tat savitur varenyam
bhargô devasya dhīmahi
dhiyo yo nah prachodayāt
ÔM terra espaço entre a terra e o céu céu
Deixai-nos ver, contemplar
o esplendor de Savitur
para que inspire as nossas visões.
 
outra tradução
We meditate upon the spiritual effulgence of that adorable supreme divine reality
Who is the source of the physical, the astral and the heavenly spheres of existence.
May that supreme divine being enlighten our intellect, so that we may realise the supreme truth.


outra tradução
 
We meditate on that Isvara's Glory who has created the Universe, who is fit to be workshipped, who is the embodiment of Knowledge and Light, who is the remover of all sins and ignorance. May enlighten our intellects.
Swami Sivananda


Não é a minha versão preferia... mas não encontrei...

Brihadaranyaka Upanishad

1:3:28

Asatoma sadgamaya
Tamasoma jyotirgamaya
Mrityorma amritamgamaya
ÔM shantih shantih santih



Oh Supremo Ser,
Guia-nos do irreal para o real,
Das trevas para a luz,
E da morte para a imortalidade.
ÔM Paz, Paz, Paz


Esta Upanishad (escritura de comentário aos Vêdas) pertence ao bloco Yajur Vêda que, por sua vez, está incluído na tradição Shruti com mais de cinco mil anos e que é anterior a Smriti com apenas cerca de dois mil anos, tradição na qual se incluem textos como o Mahabhárata.

01 julho 2011

Yôga Sútra Patañjali

As traduções são diferentes segundo os pontos de vista, cada um que fique com a sua :)

Samádhi Pádah - Trilha da Hiperconsciência
I-33

Maitrí karuná muditôpêkshánám sukha dukha punyápunya vihsayánám bhávanátash chitta prasádanam.

"A serenidade da consciência é obtida mediante o cultivo da amizade, compaixão, alegria e indiferença, respectivamnte aos que são felizes, infelizes, bons e maus." DeRose

"Desenvolve-se clareza e paz mental ao cultivar amizade com pessoas felizes, misericórdia com as pessoas infelizes, prazer na piedade e negligência da impiedade." Gustavo Dauster, baseado nas traduções e comentários de Howard J.Resnick.

"A mente sereniza (chittaprasádanam) pela benevolência (maitri), compaixão (karuná), alegria (muditá) e indiferença (upekshá) em relação à felicidade (sukha) ou infelicidade (duhka), mérito (punyá) ou demérito (apunya)." António Renato Henriques

Agora toca a analisar os pontos em comum que esses é que são importantes :)

14 junho 2011

Salada de Fruta

Quem disse que a fruta do amor era a banana, estava enganado...

Quem disse que deveria procurar a outra metade da laranja, ainda mais enganado estava...

Esta sim é a fruta do amor:

estás completo contigo sozinho mas partilhas a tua vida com aquele que amas!!! Ligado pelo sentimento que vos une! Quer estejas longe ou perto!!!

E sim, até pode ser que alguém venha e te coma separadamente mas, certamente, dentro do seu estômago te unirás com a tua completa metade...

Quem quer fresquinhas e da época: Cerejas, a melhor fruta do ano!!!...

30 maio 2011

Para ouvir sem parar! Maha mantra para sempre

Continuando a amar... ;)

«O amor é algo de eterno, faz parte da eternidade. Se você crescer, se você conhecer a arte e aceitar as realidades da vida de amor, então ele continuará a crescer todos os dias. O casamento torna-se uma oportunidade de crescer em amor. (...) O que é que eu entendo por "realmente amor"? Entendo que, só de estar na presença do outro, você sente-se subitamente feliz, só por estarem juntos você entra em êxtase, só a simples presença do outro satisfaz algo de profundo no seu coração...Alguma coisa começa a cantar no seu coração, você entra em harmonia. Só a simples presença do outro o ajuda a estarem juntos, você torna-se mais individual, mais concentrado, mais enraizado. Então isso é amor. O amor não é uma paixão, o amor não é uma emoção. O amor é uma compreensão muito profunda de que, de certo modo, alguém o completa a si. Alguém faz de si um círculo completo. A presença do outro faz realçar a sua presença. O amor dá-lhe a liberdade de ser você mesmo; não possessivo. (...) O amor conhece princípio, mas não conhece o fim.» Osho, Maturidade, A importância de ser autêntico.

27 maio 2011

O amor é a solução :)

Ou seja, amar é a solução!

Seja não aquele que ama, nem aquele que é amado, mas o amor que une essas duas identidades. Seja o todo e não a partícula e aproxime-se da meta...

Cumpra o seu objectivo e Seja feliz!!!

17 maio 2011

Hoje alguém me relembrou que

"meu mundo é hoje, não existe amanhã pra mim... eu sou assim, quem quiser gostar de mim, eu sou assim.."
Bem sei que é uma frase feita, um cliché mas a vida é mesmo assim: o que estamos a viver existe, o que já vivemos já deixou de existir e o que há-de vir ainda não existe...
Mas será mesmo assim?
São vários os pontos de vista para tudo o que existe nesta vida e eu, por vezes, gosto de dar a minha opinião :)
O Hoje foi construído pelo Ontem e construirá o Amanhã! Tudo se encontra no Presente, tudo se faz no aqui e no agora. E é Hoje que colhemos e semeamos os frutos que plantámos Ontem e que receberemos Amanhã!
É tudo muito simples:
CUIDE DAQUILO QUE QUER PRESERVAR PARA AMANHÃ E DEITE FORA AQUILO QUE HOJE JÁ NÃO LHE SERVE E SEJA FELIZ!!!!
 

13 maio 2011

Bhaktí

Bhaktí é amor, é devoção!

É Bháva!

É saber que se existe Deus, ele está em todo o lado: dentro de cada um de nós como Paramatman; à nossa volta, em seu aspecto impersonalista - Brahman; e numa qualquer imagem que se use como Bhagavan...

É saber que não estamos sós, mesmo que apenas consigamos ver algum destes aspectos Dele.

É saber que há um sentido para esta vida, mesmo que não o percebamos :)

É entregarmos, com certezas e convicções, tudo aquilo que fazemos e recebemos, sem esperarmos nada em troca.

É termos consciência de que todas as nossas acções têm uma repercursão natural e que ninguém, sem sermos nós, é responsável por isso!

É saber que quanto mais amamos mais vontade temos de amar.

É ver beleza em tudo o que habita aqui e além...

É ser feliz!!!

12 maio 2011

Sinceridade

É tudo mais simples quando somos sinceros connosco... quando sabemos o que realmente queremos e não deixamos que isso, no entanto, altere aquilo que estamos a construir mas sim que reforce o que efectivamente pode ser construído...

Há que gritar bem alto: sou assim, quero isto, vamos? E se não formos não há crise porque importante é compartilhar a vida e não esquecer a nossa vida por causa dos outros, só assim, seremos felizes: sendo nós próprios e partilhando com os outros, que são eles próprios, aquilo que juntos queremos ser...

29 abril 2011

26 março 2011

Súrya Namaskára

São várias as sequências existentes para saudar o Sol, esta é muito bonita...


Outras existem, cada um pode escolher a sua! Tolerância máxima, saudação máxima ;)


22 fevereiro 2011

Padma Purána

Shiva comunica a Párvatí:

Minha querida esposa, ouve minhas explicações de como eu, através da filosofia máyáváda espalhei a ignorância. Basta ouvi-la para que mesmo um avançado erudito caia. 

Nessa filosofia que, com certeza é muito inauspiciosa para as pessoas em geral, eu representei mal o verdadeiro significado dos Vêdas e recomendei que se abandonassem todas as actividades a fim de se libertar do karma. 

Nesta filosofia máyáváda, descrevi que o jivátmã e o Paramátã são a mesma coisa. A filosofia máyáváda é ímpia. 

Ela é budismo disfarçado.

Minha querida Párvatí, na Kalí-yuga, sob a forma de um bráhmana, ensino esta filosofia máyáváda imaginária. 

A fim de enganar os ateístas, descrevo que a Suprema Personalidade de Deus é sem forma e sem qualidades. 

De modo semelhante, ao explicar o Vêdánta, descrevo a mesma filosofia máyáváda a fim de desencaminhar toda a população rumo ao ateísmo ao negar a forma pessoal do Senhor.


18 fevereiro 2011

E há 10 anos tudo mudou... e continua a mudar...

Continuando nas influências:

Foi há 10 anos que decidi deixar de beber, fumar (fosse o que fosse) e de comer carne (o que inclui peixe, marisco, fiambre e afins que derivem da morte de algum animal). E hoje também marco uma posição na continuação do meu caminho...

Foi na sala do Coliseu do Porto enquanto assitia a um concerto a favor, penso que, da UNICEF. Olhei para o palco, um coral vocalizava/recitava mantas, uma imensa multidão acompanhava e Carlos Cardoso http://www.mestrecarloscardoso.com.br/  era o Maestro.

Em seguida, Edson Moreira http://www.yogalivre.com/ representava Shiva numa coreografia de grupo, na qual também entrava a Catarina (que tinha sido a primeira pessoa que tinha visto a fazer coreografia de Swásthya Yôga).

Todo este evento era para comemorar o aniversário de DeRose www.metododerose.org/blogdoderose , o sistematizador do Swásthya Yôga e fundador da Universidade de Yôga que, com o passar dos anos, deu origem ao Método DeRose.

E esse dia mundou completamente a minha forma de estar. Foi como se numa fracção de segundos tudo aquilo que estava a borbulhar na minha cabeça, há já alguns tempos, explodisse e aparecesse na forma de uma filosofia de vida maravilhosa: o Yôga! Que escolhi como minha!

Hoje não estou mais associada ao Método DeRose, mas guardo no coração a pessoa maravilhosa que hoje faz anos:

DeRose

E que me abriu o caminho deste modo bonito de ser e viver!
Obrigada por tudo do fundo do coração!

Muitos Parabéns!!!

01 fevereiro 2011

Influências II

Como me pude esquecer de Feuerbach... O teólogo humanista...

E daqui relembro a influência da Igreja Católica na minha infância: digamos que toda a minha família materna é católica daqueles que vão à Missa ao Domingo e sempre que podem, já foram catequistas, pertencem aos escuteiros e todos os etcs que se conheçam, mas claro, na minha opinião, podiam ser um pouco mais cristãos...

Aos 6 anos, dizem, quis ir para a catequese (com ou sem influência familiar, não sei). O certo é que aos 11/12 anos ía para a Capela do meu Colégio (católico e de meninas) em vez de ir brincar para o recreio :)

O que fazia? Conversava com Deus e rezava... Fazia a minha devoção a cada um dos santos que estava representado nos altares daquela maravilhosa capela. E o que é mais interessante é que uma das santas de culto era mulher: Nossa Senhora do Bom Sucesso:

Nossa Senhora, Nossa Rainha, Nossa Mãe
Em nome de Jesus e pelo amor de Jesus
Vos imploramos que tomeis a nossa causa em Vossas mãos
E lhe alcançais o melhor despacho.

Ou

Our Lady, Our Queen, Our Mother
In the name of Jesus and for the love of Jesus
We implore Thee to take our cause in your hands
and make a good success. (acho que era algo assim)

Também havia o agradecimento a cada refeição (aspecto que retomei depois de conhecer a Pedagogia Waldorf, faz-me sentido).

Contudo o que mais recordo de toda essa educação religiosa era devoção, a entrega e uma frase que a Sister Colm (irmã que me acompanhou na preparação para o Crisma) me disse: O Corpo é o Templo de Deus...

31 janeiro 2011

Influências

Hoje, antes de adormecer, surgiram no meu pensamento os filósofos que me despertaram interesse entre o 10º e o 12º anos, por incrível que pareça foram-me todos apresentados no 12º ano e não pela minha professora mas pelo meu explicador (tive sorte que as minhas professoras não me entusiasmaram muito e assim pude conhecer um verdadeiro amante da sua profissão :) não me recordo do seu nome...).

Passando a enumerá-los:
  • Kant ("O céu estrelado por sobre mim e a lei moral dentro de mim.")
  • Hegel (Tese, Antítese e Síntese)
  • Kierkegaard (o Teólogo/Filósofo: as três fases da vida de um Homem)
  • Nietzsche (a Crise de Valores-parte do título de uma das minhs teses de final de curso e que foi centrada na sua filosofia)
Acho que vou revê-los e perceber porque ainda penso neles :) e verificar se hoje concluo o mesmo que naqueles tempos... Provavelmente não!

28 janeiro 2011

Parece que afinal este é o primeiro post de 2011 :)

Talvez apenas um por mês, deve chegar... para um recomeço :)



01 janeiro 2011

2011, já chegou!

Fogo de artíficio, panelas a tocar, muitos saltos, beijinhos e abraços e a melhor companhia de sempre: EU e o meu FILHO!!! (e o Ídolos :P )

Foto do meu pai
Só faltou estar aqui...

Pelos vistos chegou a Portugal mas não chegou ao blogspot.com ...